Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

O prefeito Silvio Rafaeli cumpre hoje seu último dia a frente do executivo municipal de Tapes. Foram 8 anos em dois mandatos.  Nesta entrevista concedida na noite desta quarta-feira 30.12, ao Portal A Notícia Tapes o prefeito que se despede fala sobre sua gestão. Comenta sobre as pressões que passou durante a pandemia, salienta o legado deixado por seus governos e afirma que deixará as finanças do município sanadas e com dinheiro no caixa para o prefeito que assume. Leia na íntegra a última entrevista de Silvio Rafaeli como prefeito: 

Portal A Notícia: qual o balanço destes 8 anos que esteve à frente do executivo municipal durante seus dois mandatos ? 

Silvio Rafaeli: o balanço é positivo. Embora sem ter uma única notícia alvissareira por economia, buscamos o equilíbrio da receita, e conseguimos satisfazer o funcionamento enxuto da máquina pública. Sem perseguições, usando em cargos de confiança, funcionários concursados, gente de carreira. Plantamos muitas sementes. Que podem transformar nossa sociedade, se pudermos colher logo aí na frente. Principalmente na educação. 

Qual o legado que tua administração deixa para Tapes? 

Silvio Rafaelio legado é o respeito pelo funcionalismo público. Primeiro, pagando rigorosamente em dia os salários, obrigações, RPPS, e valorizando o próprio agente público de carreira, sem olhar de que agremiação pertence. 

O que gostaria de ter feito mais não conseguiu nestes 8 anos? 

Silvio Rafaelia grande frustração é não poder atrair empresários que gerem emprego. Com busca constante, porém, infrutíferas frente a economia nacional. Trabalhamos por projetos estruturantes, de médio e longo prazo. Que serão realidade em seguida. 

Quais avanços conseguistes implantar na gestão pública em teus governos? 

Silvio Rafaeliessa talvez seja o modelo de transformação, porém, fica entre 4 paredes. Fica interno, só o funcionalismo, que presenciou a busca por tecnologia, informação, conforto aos funcionários, e principalmente a eliminação do papel. Deixando a administração mais ligada a tecnologia, e automatizada. Foi realmente a maior transformação que fizemos. Porém, a população não tem esse conhecimento, ainda. 

No primeiro governo houve muito atritos com a oposição, na Câmara e nas redes sociais. Já no segundo mandato houve uma relação mais amistosa. O que  ajudou para melhorar a relação? 

Silvio Rafaelia maturidade política. Creio que a boa conversa, a abertura de diálogo prevaleceu no segundo mandato. Ficando de fora, apenas aqueles que queriam se projetar protestando, conseguiram. Mas, continuam protestando. 

Como vais deixar as finanças do munícipio? Quanto deixarás nos cofres para o prefeito que assume? 

Silvio Rafaelibem melhor do que peguei. Pagamos muitos precatórios. Vai fechar em quase 3 milhões. Pagamos todos os fornecedores, do pequeno ao grande. Deixaremos dinheiro em caixa, ainda sem os números fechados, mas, teremos cerca de 1,3 milhões livres. Mais um meio milhão pronto para ser usado na saúde, cerca de 200 mil no hospital. Creio que vai aproximar uns 2 milhões. Espero que seja por aí. Temos compromissos de longo prazo. Mas, não geramos um só novo precatório para alguém pagar lá na frente. Temos consciência de que se continuar enxuta a máquina, não terá sobressaltos. 

No último ano uma pandemia acabou atingindo o mundo e Tapes teve que lidar com uma situação até então inusitada. Qual o balanço da atuação da prefeitura durante a pandemia? onde houve acertos? onde poderia ter sido mais eficaz? 

Silvio RafaeliFaria tudo novamente do jeito que fizemos. Nós tivemos o primeiro caso, apenas em 11 de junho. Adquirido em hospital da capital. Foi assim os primeiros casos. Creio que tivemos mais acertos do que erros. Quem se contamina, é quem se descuida, e recebe alguém que não se cuida, ou teve contato com alguém que não se cuidou, e também não se preocupou com isso. Vai longe ainda, até estarmos à salvo. 

Governar é também estar sujeito as pressões dos vários setores da sociedade. Como lidastes com estas pressões? 

Silvio Rafaelieu me joguei 24 horas pra dentro do processo. Aprendi a suportar pressões. Embora tenham um alto custo. Não convivi com meu pai, com meus tios, nestes 8 anos. Meus antigos amigos também foram deixados de lado. Passei fins de semana envolvidos ou com abrigo, ou com hospital. Mas, não me queixo, sem dúvida a valorização da vida, ou a busca do salvamento, me fez um sujeito melhor. O gratificante são as equipes. Todos. São excepcionais. Gente que merece ser chamado de gente. Os chamados grupos pressionam, temos que ter jogo de cintura, e buscar sempre o bem de todos. Creio que atingimos o objetivo neste quesito. 

Com relação as pressões, os decretos durante a pandemia foram muito intensos. De um lado comerciantes e de outro pessoas querendo maior rigor nas medidas. Como fizestes para administrar estas tensões? 

Silvio Rafaelifoi natural. Sempre fui um intransigente defensor do funcionamento do comércio, com as regras de distanciamento. Máscara, e álcool em gel, ou lavar as mãos. Mas, na campanha eleitoral, ainda assim, aproveitaram para se queixar. Mesmo sabendo que neste ano, o dia das mães, dia dos pais, dia das crianças, e natal, foram melhores do que 2019. Mas, ainda assim, o prefeito é culpado. Mas, repito, faria tudo igual. 

Futuro de Tapes? 

Silvio RafaeliTapes está firme ajustado. principalmente com o sistema de compra de serviço na saúde, o chamado credenciamento. É um modelo inovador de resultado. No atingimento de metas. Tapes tem as trilhas, como os butiazais. Tem a ERS 717 bem pavimentada. Oriunda de uma ação civil pública de 2013. Agradecimentos a promotora Carla Flores. Tendo a duplicação da BR concluída, teremos muito mais movimento.  Acho que contribuiu também a limpeza de praias. Isso deve continuar regularmente. E a energia limpa. Creio que Tapes está cacifado para crescer, melhorar. 

Futuro político do Silvio Rafaeli ? 

Silvio Rafaeli: Só Deus pra saber. Temos 2021 de teste, pra não ser esquecido regionalmente. Creio que no município, encerra dia 31 a participação. Sinceramente, esperando oxigenar a a gestão do município. Mas, sinceramente dizendo que não há pretensão de volta ao executivo. Tivemos o privilégio de administrar por 8 anos. E me sinto agradecido e muito por ter tido essa sorte. Dentro das minhas limitações, dei o meu tudo. 

Qual recado daria neste final de entrevista para a comunidade de Tapes?  

Silvio Rafaeli: Gostaria de desejar um feliz ano novo a todos!! Saúde e paz.  

 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?