Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

A vacinação no tempo correto é fator importantíssimo na saúde individual dos animais de companhia, mas também faz parte das prerrogativas para erradicar doenças muito conhecidas.  

É necessário orientar o tutor da forma correta sobre a importância da imunização desde filhotes, destacando que cães mais velhos também necessitam receber estes cuidados de forma anual, ao longo de toda a vida.  

A PARTIR DE 6 SEMANAS DE IDADE MÚLTIPLAS: V8 E V10  

É possível escolher entre duas versões: enquanto a V8 auxilia na prevenção da cinomose, hepatite infecciosa canina, parainfluenza, parvovirose, coronavirose e leptospirose (sorovares Canicola e Icterohaemorrhagiae); a V10 protege contra todas estas doenças e mais algumas cepas de leptospirose (Grippotyphosa e Pomona). Na primeira vacinação, devem ser administradas 3 doses com 3 semanas de intervalo entre cada uma delas, para que a proteção seja completa.  

TRAQUEOBRONQUITE INFECCIOSA CANINA.  

O filhote também deve ser imunizado contra a traqueobronquite infecciosa, mais popularmente conhecida como “tosse dos canis”. Neste primeiro momento, devem ser administradas 2 doses da vacina injetável com intervalo de 2 a 4 semanas entre elas ou 1 dose única da vacina intranasal. A vacinação é uma forma de proteger o cão que convive em grupos (no prédio, nas creches e outros locais) e manter ele sempre saudável.  

GIARDÍASE  

Na giardíase, causada pelo protozoário Giardia, ocorrem diarreia, vômito e depressão, além de perda de peso. Os humanos também podem ser infectados pelo protozoário e uma segunda dose da vacina deve ser aplicada de duas a quatro semanas após a primeira dose.

RAIVA

Finalizando o calendário vacinal, temos a vacina auxiliar na prevenção da infecção pelo vírus da raiva, uma importante zoonose. Clinicamente conhecida como hidrofobia, esta doença torna os animais agressivos e incapacitados de beberem água. A única forma de prevenir é a imunização. Todas as vacinas citadas devem ter sua dose repetida anualmente. Os programas vacinais estão sujeitos à alteração, a critério do médico-veterinário, assim como a inclusão de demais vacinas.  

Fonte: https://www.zoetis.com.br 

E você? Já pensou na possibilidade de adotar um animal e dar a ele uma nova chance de viver com dignidade?  

Segue a lista de alguns animais que estão para adoção pelo Grupo voluntário da nossa cidade:

Esquininha – Macho, porte P, aproximadamente 10 meses. Muito manso e dócil! Castrado e vacinado.

Mujica – Macho, porte P, mix linguicinha. Foi resgatado no Bairro Pontal e está para adoção. Castração garantida pelo Grupo.

Cristal – Família Chocos. Fêmea, porte M, adulta castrada, vacinada.

Chocolate – Macho Porte M, adulto, castrado e vacinado.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?