Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

Na tarde de segunda-feira 24.08 ocorreu reunião dos Agentes Comunitários de Saúde com os vereadores. 

Foi relatado aos parlamentares uma série de irregularidades que estão sendo cometidas pelo governo de Luiz Garcez. Também foi solicitado apoio dos vereadores e intermediação junto ao Executivo Municipal. 

Entre as denúncias apresentadas estaria a correção do Piso Salarial da categoria. Mesmo sendo concursados pela prefeitura, os Agentes Comunitários de Saúde são pagos através do repasse do governo federal para os municípios.  

Desde janeiro o governo federal aumentou o valor do piso da categoria. Porém mesmo que o recurso esteja vindo para os cofres da prefeitura, o prefeito Garcez não vem repassando para os trabalhadores.  

Também foi denunciado que o prefeito se apropriou de forma indevida do dinheiro do 14º salário que o governo federal pagou em janeiro para a prefeitura, mas até o momento não foi repassado aos Agentes Comunitários de Saúde.  

Outra reivindicação é a falta de condições de trabalho. Além de uniformes, os agentes não tem recebido nem mesmo canetas, folhas e pastas utilizadas no trabalho diário.  

O autoritarismo e descaso com os trabalhadores da saúde também foi relatado aos vereadores.  

Os agentes de saúde se queixaram da falta de diálogos com superiores. A coordenadora do setor, o secretário de saúde Eduardo Simchem e o prefeito Luiz Garcez não só não recebem os funcionários como também utilizam de ameaças para intimidar os profissionais de saúde.  

Toda vez que tentam dialogar e apresentar suas demandas aos superiores são ameaçados de serem demitidos.  

Apropriação indébita, assédio moral, ameaças e desvio de recursos federal, são alguns dos crimes que estão sendo cometidos pelo prefeito Garcez e pelo Secretário de Saúde.  

Agora a expectativa é que os vereadores que tem como função fiscalizar as ações do Executivo Municipal, se reúnam com o prefeito e apresentem as reivindicações da categoria.  

Caso o prefeito Garcez não ceda após a intervenção dos vereadores e atenda as reivindicações dos Agentes Comunitários de Saúde a solução será acionar o Ministério Público.  

Se o Ministério Público cumprir com sua missão constitucional a prefeitura poderá ser responsabilizada criminalmente. Até mesmo pelo desvio de recurso federal que desde janeiro não é repassado para os trabalhadores e estão sendo utilizados para outras finalidades.  

Estavam presentes na reunião com os Agentes Comunitários, os vereadores Marcus Vigolo, Japur Daniel, Evania Nunes, Cátia Iribarrem, Alessandro Bombeiro, Brizolinha e Fabiano Dummer.  

Um minuto, por favor…

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Portal A Notícia se financia por meio da sua própria comunidade de leitores. Nossos conteúdos são abertos a todos e todas leitoras, mas você pode apoiar através de assinaturas solidárias. Veja como:

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?