Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

O número de feminicídios aumentou 73,3% no primeiro trimestre deste ano no Rio Grande do Sul. Em comparação com o mesmo período no ano passado.

Segundos dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), nesta quarta-feira 08.04, o estado registrou 26 casos de morte motivadas por gênero de janeiro a março deste ano, contra 15 no mesmo período do ano passado.

Depois de registrar cinco casos em fevereiro, o estado teve 11 mortes no terceiro mês do ano. Os crimes ocorreram em Alegrete, Amaral Ferrador, Cacique Doble, Campo Bom, Gravataí, Lagoa Vermelha, Passo Fundo, Pelotas, Santa Maria, Santa Rosa e Torres.

A chefe da Polícia Civil do RS, Nadine Anflor, afirma que ainda é cedo para fazer uma análise de que o isolamento social, por conta da Covid-19, está interferindo nos números de março.

“Liberamos o registro de violência doméstica na delegacia online, exceto quando tem Medida Protetiva de Urgência, que é feito na delegacia. Pode estar acontecendo uma subnotificação, mas estamos vivendo um momento que nenhuma geração viveu. Estamos todos preocupados com a vida, em não se contaminar. Pode ter gerado um outro sentimento, de aproximação, mas é muito tênue dizer com 20 dias de confinamento, não tem como fazer essa análise.”

Feminicídios

2019 2020
Janeiro 3 10
Fevereiro 1 5
Março 11 11
Total 15 26
Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?