Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

Na tarde desta quarta-feira (20), a Prefeitura Municipal de Camaquã publicou uma nota onde confirma o sexto caso de Covid-19 na cidade.

Diz a nota que “trata-se de um camaquense que estava viajando ao estado de Goiás, chegando hoje a Camaquã onde realizou o teste rápido em laboratório particular.”

O paciente está recebendo atendimento médico, realizando exames e sendo monitorado pela Secretaria Municipal de Saúde. A Vigilância Epidemiológica está trabalhando no estudo epidemiológico e em breve iremos divulgar os resultados com maiores detalhes. 

Histórico da covid-19 em Camaquã

O primeiro caso confirmado de covid-19 em Camaquã foi anunciado no dia 24 de abril.

Tratava-se de um homem de 58 anos, que coletou material genético para análise e testou positivo para a doença em Porto Alegre, onde também cumpriu o período de recuperação da covid. Mesmo tendo sido considerado recuperado, o paciente veio para Camaquã e ficou em isolamento domiciliar por ser do grupo de risco (ele tratava um câncer de pulmão).

Infelizmente, complicações no seu quadro clínico fizeram com que ele viesse a óbito em 6 de maio, vítima do câncer. 

Mais três casos foram notificados no dia 13 de maio. Duas mulheres e um homem na faixa etária dos 30, 50 e 60 anos, sendo que apenas um paciente apresentou sintomas leves, enquanto os outros dois foram assintomáticos. 

A infecção pelo novo coronavírus nos três casos se deu através de contato direto com um paciente positivo, o qual não foi informado de onde é, mas nenhum desenvolveu quadro clínico grave.  

Conforme disse o secretário da Saúde, Fabiano Martins, não é possível apontar há quanto tempo ocorreu o contato dos pacientes com o vírus. Apenas o que pode ser afirmado é que todos são considerados recuperados da covid-19, já que cumpriram a quarentena e não apresentaram evolução da doença.

 O quinto caso positivo foi confirmado no último domingo (17), também por teste rápido, concluindo que a pessoa teve contato com o vírus em algum momento, mas foi assintomática para a covid.

A delimitação de um raio para estudo foi essencial para a Secretaria de Saúde compreender a transmissão local do vírus.

Todo o trabalho desenvolvido para delimitar o quanto o vírus circulou no município foi acompanhado pela prefeitura para que, assim, o prefeito Ivo de Lima Ferreira pudesse tomar todas as medidas sanitárias necessárias. 

Com informações Blog Juares

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?