Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

A empresa concessionária responsável pela BR 116 trecho sul negocia com o governo federal a prorrogação do contrato que além da rodovia incluiu também a BR 392. 

A Ecosul incluiu a construção de um novo pedágio em Camaquã nas negociações com o Governo Federal como uma forma de obter novos recursos e subsidiar obras no Rio Grande do Sul. 

A empresa que administra o trecho da BR 116 desde 1998 quer evitar um novo leilão.  

O pedágio em Camaquã proposto ao Governo Federal seria uma contrapartida para obtenção de novos recursos e subsidiar obras no Rio Grande do Sul. 

Os valores seriam utilizados em obras, como a duplicação de oito quilômetros da BR-392, em Rio Grande, e a recuperação da ponte do Canal São Gonçalo, na BR-392, em Pelotas. 

O Governo Federal, através do Ministério da Infraestrutura, aceita discutir a ideia da Ecosul caso a mesma se responsabilize pela duplicação da BR-290, entre Eldorado do Sul e Pantano. 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?