Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

Apenas uma região não foi classificada com alto risco epidemiológico no mapa preliminar da 31ª rodada do Distanciamento Controlado. A região de Taquara e seus oito municípios receberam bandeira laranja (risco médio). Todo o restante do Rio Grande do Sul aparece em vermelho na divulgação feita pelo governo nesta sexta-feira 4.12. 

A informação foi divulgada no final da tarde pelo governo do estado.  

Tapes e os municípios vizinhos que fazem parte da microrregião de Guaíba foram classificados com a bandeira vermelha de alto risco de contágio. 

A cor predominante do mapa preliminar reforça o alerta emitido há semanas pelo governador Eduardo Leite, devido à mudança do cenário de estabilização para aumento de internações por Covid-19 no Estado, e que foi ampliado por meio de decreto. Publicado na segunda-feira (30/11), o documento traz medidas válidas por 14 dias, como a suspensão do sistema de cogestão do Distanciamento Controlado, para unificar as restrições e obrigando todos os locais com alto risco epidemiológico a segui-las para conter a contaminação, e alterações em protocolos de bandeira vermelha. 

No mapa preliminar anterior, todas as 21 regiões Covid apareceram, pela primeira vez, em vermelho – depois, a análise do Gabinete de Crise acatou dois pedidos de reconsideração e o mapa definitivo ficou com 19 em alto risco. Nesta rodada, foram 20 bandeiras vermelhas no cálculo prévio, mas não quer dizer que houve melhora. Pelo contrário. 

Para o total do Rio Grande do Sul, houve piora em todos os indicadores. Entre as maiores variações estão o número de casos de Covid-19 ativos (aumento de 20%), os internados em leitos clínicos com Covid-19 registrados nos últimos sete dias (+15%) e os óbitos nos últimos sete dias (+29%). 

As regiões com maior número de novos registros de hospitalizações na semana, por local de residência do paciente, são Porto Alegre (267), Caxias do Sul (162), Passo Fundo (111), Novo Hamburgo (92), Pelotas (76) e Canoas (73). 

Tapes com novos casos nesta sexta-feira

Segundo o boletim epidemiológico da prefeitura de Tapes foram confirmados três novos casos de covid-19 nesta sexta-feira.  

Já são 341 casos sendo que 316 pacientes estão recuperados. Outros 28 com suspeita de terem sido infectados aguardam resultado dos exames e 46 pessoas estão sendo monitoradas.  

O município já contabiliza 13 óbitos devido a doença.  

Camaquã e São Lourenço confirma novas mortes devido a Covid-19  

 Nesta sexta-feira foi confirmado pela Prefeitura de Camaquã o 28º óbito devido a Covid-19. A vítima seria uma mulher de 67 anos. 

O munícipio assistiu avanço da pandemia nas últimas semanas. Hoje foram registrados 15 novos casos da doença. 

Camaquã possui 2.257 casos confirmados, sendo que 2072 são pacientes que já estão recuperados. 

A lotação de leitos de UTI em Camaquã no hospital Nossa Senhora Aparecida preocupa autoridades. Os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) têm lotação completa confirmada nesta sexta-feira. São 17 pacientes internados em leitos para Covid-19. Destes, dez estão em leitos de UTI, o que significa que estamos com 100% de ocupação.   

O Ministério Público de Camaquã publicou nota informando sobre as novas operações que serão realizadas na cidade. A intenção do MP e das forças de segurança é evitar aglomerações. 

Segundo a nota as ações serão realizadas a partir desta sexta-feira. Durante essa semana, equipes de segurança estiveram reunidas em Camaquã, com o objetivo de debater ações para o fim das aglomerações no município. Inicialmente, as operações devem ter caráter preventivo e de orientação. 

Já em São Lourenço do Sul houve nesta sexta-feira mais duas mortes devido ao coronavírus. Segundo informações da prefeitura uma mulher de 94 anos e um homem de 68 anos foram a óbito.  

São Lourenço do Sul tem 616 casos de Covid-19 com 538 pacientes recuperados. Com as duas mortes confirmadas hoje já são 15 óbitos no município.  

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?