Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

A pandemia do Coronavírus teve uma trajetória que iniciou nas grandes cidades e regiões metropolitanas. Em seguida o Covid-19 acabou se interiorizando chegando em médias e pequenas cidades.

De acordo com o grupo de pesquisa Covid-19 – Estudos Geográficos/LEUR/UFPel, ao analisar a região, observa que há uma tendência de interiorização da transmissão do novo coronavírus.

Na última sexta-feira 19.06 a Prefeitura de Arambaré confirmou o primeiro caso no município. No mesmo dia a Prefeitura de São Lourenço do Sul confirmou o 11º caso da doença na cidade.

Com estes novos casos já se somam 59 pessoas infectadas na região. Somente Camaquã tem 30 pacientes com Coronavírus.

Na região da Costa Doce, apenas Tapes, Cristal e Amaral Ferrador continuam sem nenhum caso registrado.

Esse crescimento do Coronavírus na região deve levar o governo do estado mudar a classificação atual de bandeira laranja para vermelha.

O governo do Rio Grande do Sul, estabeleceu em maio, o modelo de distanciamento social como estratégia de combate ao coronavírus.

Nele, o estado foi dividido em 20 regiões que passam a ser classificadas por quatro bandeiras diferentes: amarela, laranja, vermelha e preta. A classificação leva em conta a propagação da doença e a capacidade do sistema de saúde em cada região.

Cada cor da bandeira indica um risco maior ou menor de contágio: Amarela – risco baixo, laranja médio, vermelha risco alto e preta risco altíssimo.

Nos próximos dias, a modificação da bandeira laranja para a bandeira vermelha poderá trazer alterações significativas no comércio da região.

Além do crescimento do número de casos na região, outro fator que deve influenciar na decisão de mudança da cor da bandeira é o fato das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) de Porto Alegre apresentarem índice de ocupação de 81,88%, levando em conta as internações por Covid-19 e, também, por outras doenças.

Na capital dos 618 leitos distribuídos em 17 hospitais, havia, às 18h desta sexta-feira, 506 sendo utilizados. O risco de estrangulamento do sistema preocupa ainda mais devido à chegada do inverno, período no qual, historicamente, crescem as hospitalizações por síndromes respiratórias.

A região da Costa Doce ainda não possui leitos de UTIs. E por isso depende de vagas em leitos nos hospitais de Porto Alegre.

Até ás 18hs desta sexta-feira o numero de casos de Covid-19 na região apresentava estes dados

Amaral Ferrador – Nenhum caso

Arambaré – 1 caso confirmado

Barra do Ribeiro – 4 casos confirmados

Camaquã – 30 casos confirmados

Cerro Grande do Sul – 2 casos confirmados

Chuvisca – 3 casos confirmados

Cristal – Nenhum caso

Dom Feliciano – 3 casos confirmados

Mariana Pimentel – 4 casos confirmados

São Lourenço do Sul – 11 casos confirmados

Sentinela do Sul – 1 caso confirmado

Tapes – Nenhum caso

* Dados confirmados pelas prefeituras até á 24h de sexta-feira 19.06.

 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?