Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

Em reunião realizada no início da semana com os prefeitos da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal), o governador Eduardo Leite anunciou adiamento das mudanças no Programa Assistir. 

Segundo o Governo do Estado o programa tem o objetivo de padronizar e tornar mais transparentes e justos os critérios de distribuição de incentivos hospitalares estaduais repassados às instituições hospitalares vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS).  

A reunião decidiu pelo adiamento das mudanças no programa, dando ao Hospital Nossa Senhora Aparecida, de Camaquã, mais tempo para a readequação às novas regras.  

Em nota divulgada na semana passada a administração do hospital Nossa Senhora Aparecida, de Camaquã, anunciou publicamente que o impacto financeiro causado pelo “Programa Assistir” do governo do Estado seria responsável pela redução do orçamento e consequentemente levaria a necessidade de serem tomadas medidas para diminuir os custos.  

Segundo previsão da direção do hospital a medida causaria uma queda de 60% no orçamento mensal em torno de R$ 926.871,67.  Quase um milhão a menos para ser utilizado na gestão do estabelecimento de saúde.   

No início do mês de agosto o governador Eduardo Leite anunciou o “Programa Assistir” que fará uma mudança profunda no conceito de repasse de recursos estaduais às instituições hospitalares vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado.   

Como não havia critérios técnicos definidos nem equidade na distribuição, o objetivo do programa é passar a distribuir incentivos hospitalares de forma equânime e transparente a todos os hospitais, independentemente do tipo de gestão (estadual ou municipal), de maneira proporcional aos serviços entregues à população, observando a regionalização da saúde e a capacidade cada instituição.  

Com a decisão de adiar até final do ano para iniciar o programa o hospital de Camaquã Nossa Senhora Aparecida terá um tempo maior para se adequar as mudanças previstas. 

Um minuto, por favor…  

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Portal A Notícia se financia por meio da sua própria comunidade de leitores. Nossos conteúdos são abertos a todos e todas leitoras, mas você pode apoiar através de assinaturas solidárias. Veja como: 

 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?