Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

No mesmo dia que o Rio Grande do Sul registrou o maior número de mortes desde o início da pandemia, o governador se reuniu com os prefeitos com o objetivo de criar as condições para os municípios realizarem a cogestão do Distanciamento Controlado.

Nesta terça-feira 04.08 foram anunciados 2.234 novos casos de Coronavírus no RS. Confirmados 83 óbitos. O maior número de mortes registrados desde o início da pandemia.

O RS chega a 73.618 casos, com os novos anunciados hoje. São 2.099 óbitos.

Mesmo com esses dados, que demonstram o avanço da pandemia do Covid-19, o governador Eduardo Leite quer lavar as mãos e passar a responsabilidade pelas restrições para os prefeitos.

O que poderá gerar confusões, pressões e intensificar a proliferação do vírus devido ao fato dos prefeitos, serem mais suscetíveis a pressão das entidades empresariais. Ainda mais em um período eleitoral.

A proposta do governo do estado

O modelo do governo do Estado indica, a partir de bandeiras, o grau de contágio da Covid-19 e quais protocolos e restrições devem ser seguidos.

Nas últimas semanas, as conversas se intensificaram para que houvesse um encaminhamento em relação às sinalizações das bandeiras, especialmente, pelo grande número de reconsiderações de prefeitos e associações no Estado.

Pelo aceno, a partir da classificação das bandeiras, as associações regionais através de uma posição unânime entre os prefeitos, poderiam propor alterações locais aos protocolos impostos pela bandeira vermelha.

Poderiam por exemplo, ser adotadas regras mais brandas, mas que sejam, no mínimo, mais rigorosas que a bandeira laranja.

Caso prefiram, podem seguir os protocolos já estabelecidos pelo modelo.

Na prática a proposta poderá inviabilizar o Modelo de Distanciamento Social Controlado. Haverá dificuldade para que ocorra uma unanimidade entre os prefeitos de uma região. Acabará cada um fazendo o que desejar.

Também corre o risco que as decisões que prevalecerão não se basearem em dados científicos. E sim conforme o grau de pressão das entidades empresariais.

O que diz o prefeito Silvio Rafaeli presidente da Associação dos Municípios da Costa Doce

O prefeito Silvio Rafaeli logo após a reunião com o governo do estado gravou uma mensagem publicada em suas redes sociais. Onde afirmou que achou o método proposto pelo governo do estado muito confuso.

Também afirmou que a cogestão entre governo do estado municípios, não é uma unanimidade entre os prefeitos.

A mudança no modelo ainda precisará ser consolidada pelo governo do Estado por meio de um novo decreto estadual, para possibilitar o funcionamento dos comitês regionais que irão definir as possíveis mudanças de protocolos.

Pela parte da tarde Silvio Rafaeli participou de nova reunião. Desta vez com os prefeitos das regiões Costa Doce e Carbonífera que deverão compor a nova região de saúde.

A nova região deverá ter 19 municípios abrangendo em torno de 410 habitantes.

A 21º região terá 40 UTIs para Covid-19 e mais de 100 leitos de retaguarda.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?