Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

O Rio Grande do Sul passa pelo momento mais crítico da pandemia de coronavírus. Com o número de pacientes internados em leitos clínicos e em UTIs atingindo o pico da série histórica, o mapa preliminar da 30ª semana do Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira (27/11), traz, pela primeira vez, todas as 21 regiões Covid em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto).

Na quinta-feira 26.11, o Estado chegou a 1.183 pacientes hospitalizados por conta do coronavírus e a 775 pessoas internadas em leitos de UTI. Com a manutenção do total de leitos e o aumento de 13% nos pacientes confirmados por Covid-19 internados em UTI, houve nova redução de leitos livres, chegando ao menor nível desde o início do Distanciamento Controlado.

O quadro fez com que o indicador específico que mede a capacidade de atendimento do Estado como um todo recebesse a classificação de risco altíssimo (bandeira preta), cenário que se repete em cinco das macrorregiões (Metropolitana, Serra, Missioneira, Centro-Oeste e Norte).

Houve uma piora em diversos indicadores ao longo da última semana. O número de casos ativos para doença cresceu 13% e ultrapassou a marca de 21 mil pessoas que testaram positivo apenas nesse período.

Pela primeira vez, ao menos três regiões tiveram média ponderada que as aproximou da classificação final em bandeira preta: Bagé, Erechim e Uruguaiana. Além da situação piorar em toda a macrorregião Norte, Erechim foi a única que alcançou classificação de risco máximo nos quatro indicadores regionais.

A situação piorou significativamente no último mês. De 30 de outubro a 26 de novembro, os indicadores apontam elevação de 26% (de 830 para 1.047) no número de hospitalizações confirmadas pela doença e aumento de 30% (de 712 para 928) de internados em UTI por síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

Além disso, o número de internados em leitos clínicos com coronavírus cresceu 54% (de 768 para 1.183) e o número de óbitos subiu 31%, de 211 para 276.

Na região de Guaíba, onde Tapes esta incluída, também apresentou avanço da pandemia.

Em Tapes mais 3 novos casos nesta sexta-feira

Na tarde desta sexta-feira a prefeitura divulgou novo boletim epidemiológico. Foram confirmados três novos casos de Covid-19. Tapes chega assim a 322 casos sendo que sete estão ativos e 303 recuperados. Estão sendo monitorados 42 pessoas e 16 pacientes aguardam resultado dos exames. Houveram 12 óbitos devido ao Coronavírus em Tapes.

Camaquã tem UTI lotada e mais 28 casos hoje

A Secretaria Municipal da Saúde confirmou 28 novos casos de coronavírus nesta sexta-feira 27.11. Camaquã tem 2058 casos confirmados de covid-19. Estão recuperados 1882 pacientes.

São 149 pacientes em isolamento com o vírus ativo, e 27 morreram em decorrência da covid-19. O município ainda monitora 250 pessoas que apresentaram sintomas gripais.

Um total de 14 pacientes estão hospitalizados, sendo dez casos em leitos de UTI (seis com diagnóstico confirmado de covid-19 e quatro aguardando resultados de exames). Os demais estão em leitos de internação fora de UTI.

Com informações Agência de Notícias do RS

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?