Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

Desde que surgiu na China no final de 2019, o novo coronavírus se espalhou pelo planeta e colocou o mundo todo em alerta. Com o anúncio de uma pandemia pela OMS e os novos casos no Brasil, é mais do que importante estar atento aos cuidados com higiene e prevenção. Tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus:

O que é o coronavírus?

Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Geralmente, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Porém, alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto em termos de saúde pública, como já verificado com a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), identificada em 2002, e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.

Como é a transmissão do vírus?

A transmissão acontece de três formas: 1- por vias respiratórias, através das gotículas de saliva que são eliminadas no ar quando a pessoa tosse, espirra ou fala a um ou dois metros de distância. 2 – por contato físico, quando essas gotículas com o vírus alcançam mucosas do olho, nariz e boca através de beijos e abraços. 3 – por meio de contato com superfícies contaminadas.

Manter as mãos longe do rosto e sempre limpas é primordial. Lavar com água e sabão ou álcool em gel são opções para manter a higienização. Garanta que você passou o sabão ou o álcool em todas as superfícies da mão: palma, dorso, espaço entre os dedos, unhas e polegar.

Quais os sintomas do coronavírus?

Os sinais e sintomas clínicos são principalmente respiratórios, semelhantes aos de um resfriado comum. Podem também causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.

Os principais sintomas são:

  • Febre

  • Tosse;

  • Coriza;

  • Dificuldade para respirar.

 Quanto tempo o vírus sobrevive no ambiente?

Os vírus não costumam sobreviver muito tempo nos ambientes, pelo menos não de modo infectante. Ou seja, não de uma maneira capaz de infectar o ser humano. Produtos de limpeza simples, que temos em casa, como água e sabão, desinfetante e água sanitária são eficazes para eliminar o vírus de superfícies.

Existe vacina para prevenção ao coronavírus?

Até o momento, não. No entanto, cientistas ao redor do mundo e no Brasil, já iniciaram pesquisas para desenvolvimento de vacina. Ainda é precoce indicar se e quando ela estará disponível.

Tem remédio?

Tem trabalho saindo dizendo que alguns retrovirais, usados no tratamento do HIV e do ebola, algumas medicações na malária, tudo isso talvez tenha algum efeito contra o coronavírus, mas a gente tem que lembrar que isso é muito inicial, tanto que ainda não está previsto ainda o uso dessas medicações.

Como se prevenir contra o COVID-19?

As principais orientações são:

  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar;

  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;

  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;

  • Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;

  • Deslocamentos/viagens não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;

  • Quem viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), além de evitar a circulação em mercados de animais e seus produtos.

Pode beijo e aperto de mão?

O ideal é evitar contatos físicos, para minimizar a transmissão de vírus respiratórios. Quem já está doente deve evitar completamente cumprimentar, dar a mão, deve inclusive avisar antes: ‘olha, eu estou gripado, eu estou com resfriado’, porque é exatamente essa pessoa que tem maior risco de transmitir doenças respiratórias.

Posso visitar meus amigos?

A recomendação é evitar reuniões e aglomerações. Se for um compromisso social mais importante, mas alguém estiver com sintomas, não vá. Evite correr o risco de pegar a doença e não coloque outras pessoas em risco também.

Num carro, se o passageiro anterior tinha o vírus, qual é o risco?

A orientação principal neste momento é que motoristas mantenham os vidros abertos. É importante manter o ar circulando.

Gente com o vírus, mas sem os sintomas, pode transmitir a doença?

Pessoas assintomáticas ou com muito poucos sintomas podem transmitir o vírus. A capacidade de transmissão desse vírus nas pessoas assintomáticas ainda não é totalmente esclarecida, mas o que se sabe é que essas pessoas são capazes de transmitir o novo coronavírus sim.

As crianças podem brincar na rua?

As atividades ao ar livre são as mais indicadas nesse momento. A orientação é de que isso ocorra em horários alternativos, que tem pouca gente. Diminuir o contato com outras crianças pode ser bom, pois aglomerações não são recomendadas.

Como proteger as pessoas idosas?

É a população com mais risco, então devemos intensificar os cuidados que já dissemos. Vai visitar? Não vá se estiver com tosse, nariz escorrendo, mesmo que não tenha febre. Se você vive na mesma casa, intensifique a higienização das mãos, use máscara para proteger quem você mais ama.

Quem deve usar máscara?

Não existem evidências de que usar máscara de forma indiscriminada controle nenhum tipo de epidemia. Três situações possuem indicação para usar a máscara: 1 – a pessoa que tem sintomas. 2- o profissional da área da saúde que vai prestar atendimento para o paciente sintomático. 3 – o contactante domiciliar da pessoa doente.

Bichos de estimação podem transmitir o vírus?

Não existe nenhum relato de transmissão de animal para ser humano. Eles não têm a capacidade de transmitir e também não se infectam.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?