Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) divulgou nesta sexta-feira (7/2), novo boletim da balneabilidade das praias e balneários do Rio Grande do Sul.

Após duas semanas a praia do U no Balneário Rebello novamente apareceu como imprópria para banho. Nas duas ultimas análises não foi detectado um grau de contaminação suficiente para caracteriza-la como poluída.

Geralmente a causa desta situação é o despejo direto na lagoa de esgoto doméstico somado a resíduos de agrotóxicos usados nas lavouras e intenso calor.

Foi encontrado alto índice de Eschechia Coli, grupo de bactérias que causam infecções no intestino ou de urina. 

Também foi diagnosticado na água da praia do U, uma quantidade de Cianobactérias acima do normal. Quando ocorre o aumento do número de cianobactérias na água, temos um grave problema ambiental e de saúde pública.

Segundo análises pelos laboratórios da Fepam, nas águas da praia do U no Balneário Rebello, foram encontrados um numero alarmante de Eschechia Coli cerca de 7. 000 por ml. Já nas praias da Pinvest apenas 50 por ml. A diferença é assustadora.

Na praia do Balneário Rebello também foram detectados 39.219 células de cianobactérias/ml, enquanto na Pinvest e no Jacarezinho o índice foi de 23.945.

1- Quando um local é considerado impróprio para banho?

Quando é evidente a contaminação por esgotos e quando, no mínimo, duas análises das águas, de uma série de cinco amostras, assim o indicarem.

2- Quando um local é considerado próprio para banho?

Quando as análises das águas não apresentarem contaminação de esgotos em, no mínimo, quatro de cinco amostras realizadas.

3- O que são cianobactérias e qual a importância do monitoramento destes organismos na balneabilidade?

São organismos (também chamados algas azuis) que estão presentes principalmente na água, e podem produzir substâncias tóxicas para os humanos, os animais selvagens e domésticos. O contato direto da pele em atividades de recreação pode resultar na irritação ou erupções na pele,inchaço dos lábios,irritação dos olhos e ouvidos, dor de garganta,inflamação nos seios da face e asma.

4- O que são Eschechia Coli e como agem ?

A Escherichia coli, ou E. coli, é uma bactéria que habita naturalmente o intestino das pessoas e de alguns animais, sem que haja qualquer sinal de doença. É um grupo de bactérias que causam infecções no intestino ou de urina. Geralmente são despejados através esgoto doméstico nas águas da lagoa.

5- Quais os riscos do contato com a água classificada como imprópria?

A água classificada como imprópria, de acordo com os parâmetros analisados (Coliformes Termotolerantes e Escherichia coli), pode conter os microrganismos patogênicos causadores de doenças como amebíase, giardíase, gastroenterite, febres tifóide e paratifóide, hepatite infecciosa e cólera, diarreia, doenças de pele e infecções nos olhos, ouvidos e garganta.

Dos 92 pontos analisados, oito estão impróprios para banho:

Osório: Lagoa do Peixoto

Pelotas: Balneário Balverde – Pontal da Barra

Pelotas: Balneário Santo Antônio – em frente ao Hotel Praia Laranjal

Pelotas: Balneário dos Prazeres – em frente à estátua de Iemanjá

Pelotas: Totó

Pelotas: Colônia Z-3

São Jerônimo: Praia do Encontro – Rio Jacuí

Tapes: Balneário Rebelo

Na região Costa Doce estão próprias para banho as praias de São Lourenço do Sul (Barrinha, Ondinas, Nereidas e Camping) em Arambaré (Costa Doce e Caramuru), Cristal (Balneário) e duas das três praias de Tapes (Pinvest e Jacarézinho).

As coletas são realizadas semanalmente. Neste veraneio, os boletins informativos serão divulgados todas as sextas-feiras, até o dia 28 de fevereiro de 2020. 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?