Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

O preço da carne bovina deve continuar em alta em 2021. Mantendo assim uma tendência que se prolongou ano passado.  

De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o valor da carne de boi subiu 37% nos últimos 12 meses. 

O motivo é o aumento do volume de exportações de carne bovina brasileira para a China.  O aumento no preço de rações para gado, como milho soja, também influencia na alta da carne, visto que o valor dessas commodities é cotado em dólar. 

Isso num cenário de menor disponibilidade de renda dos brasileiros, com desemprego recorde, avanço da pandemia e fim do auxílio emergencial. 

Diante desse quadro, a expectativa é de uma nova queda no consumo interno de carne bovina esse ano, o que deve levar o acesso à proteína preferida pelos brasileiros a níveis anteriores à década de 1990. 

Segundo dados da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), o consumo brasileiro de carne bovina foi de 29,3 quilos por habitante em 2020, uma queda de 5% em relação aos 30,7 quilos por habitante de 2019, ano em que o consumo já havia recuado 9%. 

O patamar de 2020 é o menor da série histórica da Conab, que tem início em 1996. 

  Com informações Conab e FGV / Edição A Notícia  

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?