Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

A Prefeitura Municipal de Camaquã protocolou na Câmara de Vereadores na última segunda-feira, dia 02.03, projeto de lei complementar prevendo redução no salário base dos funcionários públicos do cargo de secretário de escola.

O documento assinado pelo prefeito Ivo de Lima Ferreira, prevê redução de quase 12% no salário base da categoria. Os vencimentos, no entanto, serão mantidos pelo pagamento de parcela destacada.

Hoje, os secretários de escola possuem um salário base de R$ 1.144,26 reais. Com a nova proposta o salário base dos secretários seria reduzido para R$ 1.011,19 reais, uma diminuição salarial de R$ 133,07 reais.

A proposta também prevê uma redução no aumento de classes dos atuais 5% para 4% e as classes aumentam uma letra passando a ser de A a E para os servidores.

O projeto propõem ainda aos servidores que receberem valores acima do fixado, o pagamento de parcela destacada equivalente a diferença.

O Projeto de Lei Complementar de 02 de março de 2020 agora irá tramitar na Comissão de Constituição e Justiça, na de Educação e na de Orçamento.

Caso aprovado nas comissões, o projeto irá para votação pelo plenário da Câmara de Vereadores de Camaquã.

Com informações: Click Camaquã

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?