Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

A nova atualização do mapa do modelo de Distanciamento Controlado contra a Covid-19 no Rio Grande do Sul traz a pior classificação semanal para as regiões do Estado.

O anúncio da nova atualização foi divulgada através de live do governador Eduardo Leite ás 18h deste sábado 20.06.

Devido ao aumento de casos surgidos na ultima semana, de novos óbitos e soma-se a lotação de leitos nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) pelo novo coronavírus no Rio Grande do Sul, o governo do Estado piorou a classificação de diversas regiões do estado.

Cinco regiões foram “rebaixadas”para a bandeira vermelha: Porto Alegre ( incluindo a região de Tapes e Camaquã) , Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa e Palmeira das Missões agora estão com alto risco de contágio da doença – todas eram bandeira laranja, isto é, risco médio.

Como a região Costa Doce faz parte da região de Porto Alegre na classificação, o município de Tapes passa a ter Bandeira Vermelha.

Nesta condição serão tomadas medidas mais restritivas principalmente ao comércio.

Restaurantes e lancherias ficam proibidos de receber clientes no local, mas podem atender em sistema de tele-entrega, drive-thru e pegue e leve.

Nesta bandeira vermelha, que Tapes passa a ser incluída, as academias, missas, cultos e serviços religiosos, clubes sociais e esportivos, cabeleireiro e barbeiro, passam a ser totalmente vedados.

As aulas devem continuar suspensas.

O prefeito de Tapes, Silvio Rafaeli, afirmou que uma reunião virtual entre os prefeitos da região para avaliar a situação iniciou ás 19h deste sábado. Uma hora após o governo do estado anunciar a mudança de bandeira.

– Soubemos agora da decisão do governo do estado. Vamos nos reunir daqui alguns minutos e vamos discutir quais medidas iremos adotar.

A expectativa que após a reunião ou no máximo na manhã deste domingo o prefeito Silvio Rafaeli anunciar novas medidas.  

As bandeiras e o modelo de isolamento social

O governo do Rio Grande do Sul, estabeleceu em maio, o modelo de distanciamento social como estratégia de combate ao coronavírus.

Nele, o estado foi dividido em 20 regiões que passam a ser classificadas por quatro bandeiras diferentes: amarela, laranja, vermelha e preta. A classificação leva em conta a propagação da doença e a capacidade do sistema de saúde em cada região.

Cada cor da bandeira indica um risco maior ou menor de contágio: Amarela – risco baixo, laranja médio, vermelha risco alto e preta risco altíssimo.

Conforme a classificação os municípios passam a ter maiores ou menores restrições de isolamento social.

O fato da região não ter leitos de UTIs acaba por coloca-la na mesma região de Porto Alegre. A região depende dos leitos atendimento hospitalar da capital.

Na região já foram confirmados o número de 64 pessoas infectadas pelo Covid-19.

Arambaré – 1 caso confirmado 

Barra do Ribeiro – 5 casos confirmados

Camaquã – 32 casos confirmados

Cerro Grande do Sul – 2 casos confirmados

Chuvisca – 4 casos confirmados

Dom Feliciano – 3 casos confirmados

Mariana Pimentel – 4 casos confirmados

São Lourenço do Sul – 11 casos confirmados

Sentinela do Sul – 1 caso confirmado

Tapes – 1 caso confirmado 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?