Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

O retorno às aulas nas escolas públicas e privadas do Rio Grande do Sul deverá, em um primeiro momento, priorizar o ensino à distância.

Os protocolos que orientarão o retorno da volta às aulas no Rio Grande do Sul não foram anunciados na sexta-feira (15.05), conforme inicialmente previsto pelo Governo do Estado.

Segundo o governador Eduardo Leite (PSDB), os protocolos agora deverão ser anunciados nesta semana e visam reduzir a possibilidade de contágio no ambiente escolar.

Segundo o governador Eduardo Leite, a ideia é liberar alguns níveis de atividade presencial, para permitir melhor higienização dos locais de ensino e reduzir a possibilidade de contágio da Covid-19.

Estão em estudo, a divisão de turmas e a redução de horários, de modo a diminuir a circulação de público e melhorar a higienização da escola.

Para viabilizar a ampliação das aulas a distância o governo gaúcho conta com apoio da Assembleia Legislativa, que liberou R$5,4 milhões para que o Estado adquira, por meio da Secretaria de Educação, um pacote de dados de internet, que será disponibilizado aos alunos para acesso às atividades remotas via telefone celular.

O repasse será feito ao longo de 12 meses e o pacote de dados permitirá acesso  exclusivo ao conteúdo educacional.

No entanto Eduardo Leite destacou que a observação dos números da pandemia no Estado determinará as decisões relativas à abertura das escolas.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?