Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

Na sexta-feira 15.05, Roger Sutil utilizou as redes sociais para denunciar que sua mãe, Renilda Cardoso da Silva tinha uma consulta agendada em Porto Alegre na segunda-feira, 18.05, ás 13h, e não estava conseguindo transporte da prefeitura para o deslocamento.

Na sexta-feira o Portal A Notícia Tapes publicou o caso no Espaço do Leitor. Editoria criada para dar voz a comunidade.

A Secretaria de Saúde de Tapes tem um setor de marcação e agendamento de transporte. Compete ao Setor realizar a marcação de transporte para deslocamento de pacientes para consulta especializada, mediante documento de identificação e de comprovação da data e local da consulta prevista em hospitais referenciados pelo SUS.

Logo no inicio da pandemia do Coronavírus a prefeitura publicou decreto cancelando o transporte de pacientes para outros municípios.

Além dos cancelamentos realizados pelos hospitais a maioria dos pacientes fazem parte dos grupos de riscos da pandemia. Anteriormente cerca de 90 pacientes eram transportados por dia para realização de consultas e exames na capital.

A publicação gerou um intenso debate nas redes sociais que se estendeu pelo final de semana. Na segunda-feira, Roger publicou nova postagem em sua página do facebook afirmando que sua mãe esteve na secretaria de saúde pela manhã, mas recebeu a informação que sua consulta agendada havia sido cancelada.

Não conseguindo transporte Renilda foi para Porto Alegre de carona com um amigo da família.

Na tarde desta segunda-feira, Roger Sutil, publicou atestado (Foto abaixo) onde comprovaria o atendimento de sua mãe Renilda neste dia pela Santa Casa.

 

Roger fez criticas a responsável do setor Shirley Jarutais e também a prefeitura de Tapes.

O que diz a prefeitura

A reportagem do Portal A Notícia procurou a Secretaria de Saúde para ouvir a versão da Administração Municipal.

Segundo a responsável pela marcação de transporte da Secretaria de Saúde, Shirley Jarutais, dona Renilda ligou para a secretária de saúde solicitando o transporte.

Foi solicitado como é de praxe, a carteirinha do hospital onde está descrito o setor de atendimento e o número do seu prontuário. A partir destes documentos a funcionária liga para o hospital e confirma a realização da consulta.

Devido a Pandemia os hospitais estão cancelando as consultas só mantendo casos graves, de oncologia, quimio e radioterapia e retorno de cirurgias.

Segundo Shirley, a paciente se recusou a repassar os dados por telefone para que fosse realizado o contato com o hospital.

A funcionária confirma que dona Renilda, então, esteve na Secretaria na segunda-feira ás 8hs e foi atendida. Shirley afirma que ligou para o hospital em Porto Alegre para confirmar se a consulta havia sido cancelada ou estaria mantida. A informação que recebeu do setor de atendimento da Santa Casa, era que o neurocirurgião não estaria realizando atendimentos e a consulta havia sido cancelada.

Ao finalizar, Shirley Jarutais, que assumiu recentemente a presidência do Conselho Municipal de Saúde, afirmou que o objetivo dos servidores do setor é sempre zelar pelo bem estar dos pacientes mas infelizmente ás vezes sofrem criticas por terem que dizer não, em determinados casos onde as regras e determinações oficiais se chocam com a vontade das pessoas.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?