Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

No final da tarde desta segunda-feira (22.06) o governador Eduardo Leite confirmou a permanência na região da bandeira vermelha.

No sábado foi atualizado o sistema de bandeiras que regula o distanciamento controlado no estado.

O governo do Rio Grande do Sul, estabeleceu em maio, o modelo de distanciamento social como estratégia de combate ao coronavírus.

Nele, o estado foi dividido em 20 regiões que passam a ser classificadas por quatro bandeiras diferentes: amarela, laranja, vermelha e preta.

A classificação leva em conta a propagação da doença e a capacidade do sistema de saúde em cada região.

Cada cor da bandeira indica um risco maior ou menor de contágio: Amarela – risco baixo, laranja médio, vermelha risco alto e preta risco altíssimo.

Conforme a classificação os municípios passam a ter maiores ou menores restrições de isolamento social.

Tapes, que integra a região de Porto Alegre, teve elevado o grau de alerta contra a pandemia de Covid-19, passando de laranja para vermelha. Isso indica “alto risco de contágio” e tem como resultado maior restrição ao funcionamento do comércio e prestadores de serviços.

No entanto por ter apenas um caso confirmado até o momento e nos últimos 14 dias não ter tido nenhum óbito e nem internamento hospitalar, Tapes poderá manter as restrições da bandeira laranja. Mesmo tendo permanecido com bandeira vermelha.

Os municípios da região que estão em zona vermelha e não tiveram óbitos nem hospitalizações nos últimos 14 dias e deverão manter as restrições da bandeira laranja são além de Tapes, Arambaré, Cerro Grande do Sul, Chuvisca, Dom Feliciano, Sentinela do Sul e Sertão Santana.

O prefeito Silvio Rafaeli deverá realizar um pronunciamento nas próximas horas divulgando quais medidas irá tomar.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?