Aviso no Topo do Site
Acompanhe as últimas notícias de Tapes e Região.

Na tarde desta quinta-feira 04.03 foi publicado pela prefeitura de Tapes novo boletim epidemiológico registrando novos casos de pessoas infectadas na cidade e a morte de um paciente por Covid-19.  

Segundo dados divulgados houve a confirmação de 26 casos de paciente infectados nesta quinta-feira na cidade.   

Agora são 781 pessoas que desde início da pandemia adquiriram o vírus no município. Ontem eram 755.  

Também cresceu o número de pacientes ativos. Ontem eram 29 e subiram para 45 hoje.  

Houve a recuperação de 716 infectados. Com o óbito confirmado são 22 pessoas que faleceram devido a doença.  

Outros 43 pacientes com suspeita de terem adquirido o vírus, aguardam resultado dos exames. Outras 43 pessoas que tiveram contato com infectados estão sendo monitorados. 

Morte de motorista da Frederes comove a comunidade tapense 

A pandemia já causou a morte de 22 tapenses. Homens e mulheres de várias idades. Todas levaram tristeza e luto para suas famílias. Todas de certa forma comoveram a cidade.  

Taxista, comerciante, advogado, políticos enfim o vírus não escolhe suas vítimas.  

Nesta quinta-feira a notícia da morte do motorista da Empresa Frederes, Luiz Vorni, de 61 anos, foi mais uma vítima da doença. 

O fato de ser motorista há muitos anos era conhecido pela maioria das pessoas de Tapes. Era de uma família também conhecida.   

Luiz Vorni estava internado e não resistiu as complicações resultantes do Covid-19.  

‘Chega de frescura, de mimimi. Vão ficar chorando até quando?’, 

 No mesmo dia que o Brasil registrou 1.699 novas mortes por covid-19 nas últimas 24 horas e 75.102 casos confirmados, o presidente Jair Bolsonaro gerou revolta no país após se pronunciar de forma criminosa e desrespeitando s famílias enlutadas que perderam seus entes queridos para a doença. 

O presidente Jair Bolsonaro usou os termos “mimimi” e “frescura” ao criticar novamente as medidas adotadas diante da pandemia da Covid-19.  

Ele fez o comentário durante um evento em que participou nesta quinta-feira (4) em São Simão, interior de Goiás, um dia após o Brasil ter registrado recorde de mortes pela doença.  

“Revoltados” com a postura negacionista do presidente, que faz campanha contra as máscaras e o lockdown apesar ao aumento exponencial do número de mortes, internautas subiram as tags “Bolsonaro coveiro do Brasil” e “SOS Brasil”. 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?